Um salto para o futuro

BSPAR

Criar, transformar e se reinventar todos os dias. Dialogar e tomar as decisões certas. Descobrir novas formas de desenvolver seus projetos com inteligência e respeito. Foi assim que a BSPAR Incorporações se tornou uma grife do mercado imobiliário.
Uma marca que é reconhecida como sinônimo de inovação, qualidade e solidez. Uma empresa feita por pessoas que trabalham com determinação, simplicidade e que têm paixão pelo desafio.
Paixão em construir.

Acesse o site: www.bspar.com.br






  • 1921 unidades lançadas
  • 210.669 m² de área construtída
  • 23 empreendimentos
  • 1,21 Bilhões em VGV realizado



  • Selo ISO 9001
  • SELO GREEN BUILDING

Certificação LEED
Leadership in Energy and Environmental Design

Sempre utilizar práticas sustentáveis. Assim surge o BS DESIGN, um edifício que tem pré-certificação LEED. Um selo que atesta construções sustentáveis, concedido pela Organização Não Governamental (ONG) americana U.S. Green Building Council (USGBC) de acordo com os critérios de racionalização de recursos atendidos por um edifício.

A avaliação é realizada por meio de pré-requisitos e créditos a serem atendidas nas categorias: sustentabilidade do espaço, racionalização do uso da água, eficiência energética, qualidade ambiental interna, materiais e recursos, inovação e processos de projeto e créditos regionais.

Conceito A+

A chancela internacional A+ caracteriza-se pela inteligência e pelo alto padrão arquitetônico capazes de reunir em um único empreendimento alto nível de tecnologia, segurança e conforto.

Concedido pela Cushman, a graduação A+ atesta que um empreendimento cumpre uma série de requisitos. Entre eles:

  • Um terreno que deverá comportar uma laje de mais de mil metros quadrados;
  • Sistema de ar-condicionado VRV;
  • Pré-disposição para piso elevado;
  • Sistemas wireless;
  • Entradas e saídas de veículos com rampas independentes;
  • Hall com pé-direito diferenciado;
  • Pavimentos de escritórios com projeto modulado e flexível;
  • Pé-direito de no mínimo 2,75 m;
  • O core central precisa concentrar todas as áreas técnicas, de circulação vertical a sanitários;
  • O formato da laje deve ser regular, aumentando o índice de aproveitamento do layout interno;
  • Pavimentos de até 1.100 m²
  • Flexibilidade para junções horizontais e/ou verticais;
  • Elevadores de última geração com sistema de antecipação de destino;
  • Sistema de segurança completo, instalado e em funcionamento, composto por CFTV com software de controle, catracas e cancelas eletrônicas;
  • Sistema de incêndio com detector de fumaça e presença de sprinkler;
  • Gerador de energia;
  • Administração gabaritada.